Introdução ao Código de Vestimenta

A diferença mais notável entre os estudantes que acabaram de sair de uma escola é que eles não precisam mais seguir um código de vestimenta específico. "Tchau, tchau! Uniformes!" eles gritam coletivamente de alegria. As faculdades geralmente relaxam as restrições do código de vestimenta, como resultado, algumas podem praticamente se arrastar da cama direto para a faculdade.

Quando o mesmo colégio passou para uma empresa, algumas dessas empresas os incentivam a usar o traje "brogrammer", com capuz e calça jeans, enquanto algumas empresas pedem a seus funcionários que sigam um código de vestimenta formal.

Por que código de vestimenta?

A maioria das organizações espera que seus funcionários sintam a diferença distinta de estudar na faculdade e entrar na vida profissional. E a diferença mais notável, você adivinhou certo, é o código de vestimenta.

Código de roupa

As empresas, em geral, estão conscientes sobre como seus funcionários se vestem. Isso ocorre porque a maneira como se vestem e se arrumam no ambiente de trabalho forma uma percepção na mente dos clientes, fornecedores e outros, não apenas sobre eles, mas também sobre a empresa.

Há duas razões muito boas pelas quais as empresas são específicas sobre seus códigos de vestimenta -

  • Código de vestuário - tem um significado social, com regras e expectativas diferentes sendo definidas para se adequar a diferentes circunstâncias e ocasiões.

  • Pistas de impressão - O código de vestuário de uma pessoa fornece pistas significativas sobre vários atributos, como sexo, renda, ocupação, classe social e atitude em relação à moda, tradição e conforto.